Cintilografia de Corpo Inteiro com Iodo 131

O que é o exame?

A Cintilografia de Corpo Inteiro com Iodo131, também conhecida por Varredura de Corpo Inteiro, é um exame que, como o próprio nome diz, analisa todo o organismo para detecção de metástases à distância do Câncer bem diferenciado da Tireóide. Ele é normalmente utilizado para o acompanhamento clínico dos pacientes previamente tireoidectomizados, devido ao diagnóstico

prévio de uma dessas neoplasias, servindo inclusive nesses casos para a avaliação dos resultados obtidos com a ablação, realizada após a cirurgia com a administração de radioiodo em dose de tratamento. Sendo assim temos em geral duas situações. Varreduras realizadas pós tratamento radioablativo com Iodo 131 e Varreduras realizadas como controle evolutivo pós tratamento.

Para que serve o exame?

As principais indicações são:

  1. Avaliação da eficácia do tratamento radioablativo com Iodo 131
  2. Pesquisa de acometimento à distância relacionado à patologia de base.

Avaliação de pacientes com exames laboratoriais com comportamento desfavorável da

Tireoglobulina ou dos Anticorpos anti-tireoglobulina.

Preparo para o exame

Este exame necessita dieta hipoiódica severa por 15 dias e ainda elevação do hormônio sérico TSH, que pode ser obtida naturalmente com a suspensão da terapia de reposição hormonal (T4) ou pela administração intramuscular do TSH recombinante. Esses pontos são informados e decididos junto ao paciente na marcação do exame.

Para a realização do mesmo o paciente deverá comparecer mais de uma vez a unidade de medicina nuclear, visto que a administração do traçador (via oral) precede em alguns dias a data da realização das imagens.

Recomendamos jejum de 2 horas antes da administração do Radioiodo (via oral) para a rápida e eficaz absorção do mesmo. 

Na noite que antecede as imagens, em geral realizadas entre 48 a 72 horas, faz-se necessário a realização de um preparo intestinal com uso de laxativos

Orientações Adicionais

Exame não realizado em pacientes lactantes ou grávidas. Para tanto, para a realização do exame em pacientes em idade fértil, será exigida a realização de Beta-HCG (teste de gravidez) no dia que precede a administração do Radioiodo.

Caso a paciente esteja amamentando, a amamentação deverá ser suspensa e a conduta nesses casos será discutida e individualizada caso a caso.

Recomenda-se trazer exames relacionados, como por exemplo, cintilografia prévia, ultrassonografia, ressonância, tomografia computadorizada e exames laboratoriais 



Publicado em: 20/02/2018 | Textos relacionados | Página principal

Oncologia e Infectologia

Antes de realizar seu exame, leia as informações sobre os procedimentos e preparos que antecedem os exames!


Demais Especialidades: